TRIGUEIRA

(CHIMARRITA)

Sapecada da Serra Catarinensa

TRIGUEIRA

 

Me vejo em ti companheira

Vertente dos anseios

A qual em ti cabresteio

Lhe apertando junto ao peito

 

Tu vem juntito as manhãs

Saciando a sede da alma

Tu que me traz mansa calma

No toque suave dos dedos

 

Leva embora o meu sono

Me tomas a noite inteira

Te despir linda trigueira

Contempla desejos molhos

Ao verter o sal dos olhos

Te vejo imensidão

Faz compasso ao coração

Ao cantar quem tanto adoro

 

''Traz o minuano no fole

Soprando a essência da alma

Pro cantador que sente as mágoas

Dos choramingos trigueira''

 

Por ti que repenso a vida

Traz seiva ao meu penar

Me basta apenas te olhar

Que já a paz me consome

 

Te levo junto a mim

Dourando a cor de madeira

Pois é tu linda trigueira

Que conduz o meu caminho

AUTOR(ES) DA LETRA:

Daniel Mateus da Silva
Lages, SC

AUTOR(ES) DA MÚSICA:

Gabriel Maculan
Lages, SC
Ricardo Padilha de Oliveira
Lages, SC
Daniel Mateus da Silva
Lages, SC