A Flor do Teu Cabelo

(Milonga)

Sapecada da Serra Catarinensa

A flor do teu cabelo

 

Te presenteio pequena,

Com uma flor no cabelo,

Pra iluminar teu sorriso,

De um jeito calmo, sereno.

 

Mal sabe ela, iludida,

Desabrochada e imponente,

Que frente aos olhos brilhantes,

Sua sutileza é impotente.

 

Por mais vermelha e altiva

Que essa rosa se impunha,

Ao debruçar-se ao cabelo...

Se desfalece sua alcunha.

 

Se enrubesce em vergonha,

Tamanha tua formosura,

Por vezes até se esconde...

Por outras, se aventura.

 

Sabe essa flor no cabelo,

Mesmo tendo seu lugar,

Que é um adorno singelo

Feito um veleiro no mar.

Completa mansa, tua face,

Flor que encanta o jardim,

Tens importância pra ela,

Tal como ela, pra mim!

 

Flor que abrilhanta o cabelo

De outra flor mais bonita,

Enfeitas também as vestes,

Da do vestido de chita.

 

Mal sabe a flor que te tem…

Também tem meu coração,

Soube-se ela o que sinto,

Se bandeava a solidão.

 

Sabe essa flor no cabelo...

AUTOR(ES) DA LETRA:

Everton Michels
Criciúma, SC

AUTOR(ES) DA MÚSICA:

Everton Michels
Criciúma, SC