NOITE ESCURA

(ZAMBA)

Sapecada da Canção Nativa

NOITE ESCURA

 

Noite escura...  Noite escura!

Ando torto e sem lampejo

O teu rumo meu desejo

Os teus olhos, meu amor

Sigo guapo e rastreador

De caminho descarnado

Mas vou posar no teu lado

Noite escura.... Linda flor!

 

E quando um raio de luz

Se aninhar em teu cabelo

Será assim o sinuelo

Que busquei rondando estrelas

No cruzeiro pude vê-las

Formando a cruz que apontava

O sul que já campereava

Quatro luzitas sinuelas!

 

DESENCILHO E SOLTO O CAVALO

E AMANSO A ALMA DE ANDEJO

BEBO O DOCE DO TEU BEIJO

INDIO XUCRO E POTREADOR

ME ENREDEI NO MANEADOR

DOS TEUS CARINHOS MENINA

E HOJE É TU QUE ME ENSINA

NOITE ESCURA... LINDA FLOR!

AUTOR(ES) DA LETRA:

Rogério Pereira Ávila
Santana do Livramento, RS

AUTOR(ES) DA MÚSICA:

Leonel da Silva Gomes
Santana do Livramento, RS

FICHA DE PALCO


Leonel Gomez - Intérprete

Marcelo Holmos - Guitarrón

Daniel Cavalheiro - Violão e voz