A ZAMBA QUE FIZ PRA TI

(ZAMBA)

Sapecada da Canção Nativa

  A ZAMBA QUE FIZ PRA TI

 

 Fiz esta zamba pra ti,

Morenita, cor de aurora,

 Que abre um sol quando sorri,

 Alma à dentro, corpo à fora...

 

 Fiz esta zamba e te canto,

Pra que tu baile graciosa,

 Embalando os teus encantos,

De serena e maliciosa...

 

Minha guitarra tem ciúmes,

Quando lhe aperto com os dedos...

Pensando no teu perfume,

 Deixo escapar meus segredos...

 

 Porque de mim sabe ela,

E algo que tanto escondi,

Canto da forma mais bela,

 Na zamba que fiz pra ti.

 

BAILA, BAILA MORENITA

ENQUANTO A NOITE DESCAMBA

QUE O MEU CORAÇÃO PALPITA

E CANTO PRA TI ESTA ZAMBA

 

Fiz esta zamba e te sinto,

 Nas coisas buenas que penso,

 De carinhos me requinto,

 Quando me abanas c'o lenço...

 

Fiz esta zamba e me vejo,

 Envolto na tua cintura,

 Querendo a calma de um beijo,

 Da tua boca madura...

 

Morena dos meus cantares,

Guitarra dos meus abraços

 Zambita solta nos ares,

 Que guarda os versos que faço

 

Meu coração, quase um bombo,

 Repicando por aí,

Pulsando junto ao retumbo,

Da zamba que fiz pra ti

AUTOR(ES) DA LETRA:

ROGERIO VILLAGRAN
Lages, SC

AUTOR(ES) DA MÚSICA:

KIKO GOULART
Lages, SC