REVISITANDO

(MAZURCA)

Sapecada da Canção Nativa

Revisitando

Meu passado vem aos goles

Pelo gosto de um butiá,

Coragem que a gente bebe

Pra sair da onde está...

Vejo a marca na parede

Do que tive, mas evito...

Pra cruzar em frente à estância

Só que seja a “galopito”...

 

Visito amigos e discos

Pouco importa os "arranhão"...

E largo um verso na estrada

Mais pra rever um irmão...

Que o troféu de um festival

É uma saudade emalada

Dos palcos de luz humana

Nas tardes e madrugadas...

 

Reviro um amor antigo

Sem uma foto sequer

E me apaixono de novo

Mas pela mesma mulher....

Rebolco em tantos abraços

Saudoso daquele tempo,

Pois não preciso retratos

Pra bem viver um momento...

 

Revisito as brincadeiras

Pela vida embodocadas...

Gado de osso e bolita,

Carreira e vaca parada...

Primeira escola de erros

Pureza que vem nos tentos,

Infância, em campo e cidade

Costeando quem tem talento!

 

...E volto a ser piqueteiro

Pra me entender capataz...

Suor foi meu tirador

Pro fio dos caraguatás...

Pedir o que sou agora

Já me fez juntar as mãos,

Por ainda ser o mesmo

Eu canto por gratidão!!!

AUTOR(ES) DA LETRA:

MARCIO NUNES CORRÊA
Pelotas, RS
EDUARDO MUÑOZ
Pelotas, RS

AUTOR(ES) DA MÚSICA:

CÍCERO CAMARGO
Pelotas, RS